DESCUBRA O INIMIGO OCULTO DA BARRIGA SARADA

Não tem jeito… aquela barriguinha incomoda todo mundo. Sabemos que o sedentarismo e a má alimentação contribuem para o ganho de peso, mas outro fator que muitas vezes não combatemos com o devido empenho e que contribui para o aumento da gordura abdominal é o estresse. Ok, você possivelmente já sabia que o estresse favorece a má alimentação, que, por sua vez, favorece o ganho de peso. O que provavelmente você não sabia é que o estresse engorda especificamente a barriga!

Uma grande quantidade de agentes estressores (ansiedade, medo, dor, preocupações, fatores emocionais e psicológicos) causam a liberação do hormônio cortisol. Em um estudo publicado pela Obesity Research ( 1 ), mulheres com sobrepeso e uma maior relação cintura  quadril secretaram mais cortisol em resposta ao estresse. Este estudo,  reforça a hipótese de que o estresse, junto com fatores genéticos e ambientais, contribui para o aumento da gordura corporal, especificamente a abdominal.

As mulheres tendem a comer induzidas pelo estresse mais do que os homens e, pra piorar, no que diz respeito a engordar, a qualidade dos alimentos também pode ser alterada pelo cortisol. Em outro estudo, mulheres de 30 a 45 anos foram submetidas a estresse e em seguida foi disponibilizado 4 tipos de alimentos: salgados com pouca e muita gordura e  doces com muita e pouca gordura. Elas foram convidadas  a comer, e não sabiam que a ingestão de comida estava sendo avaliada. Adivinha qual dos 4 tipos de alimentos foi o mais escolhido pelas mulheres que liberaram mais cortisol após o estresse? Alimentos doces gordurosos (os mais calóricos)! ( 2 )

 

Algumas mulheres respondem a uma situação estressante liberando mais cortisol do que outras. Elas tendem a comer mais nos dias em que isso ocorre.  É possível que mulheres mais vulneráveis ao estrese, e que liberam mais cortisol após situações estressantes, tenham maiores riscos de comer induzidas por estresse e consequentemente ganhar peso.

Junto com o cortisol, o aumento do hormônio insulina que ocorre após as refeições ricas em açúcares e carboidratos também contribui para o aumento da gordura abdominal (aprenda um pouco mais sobre insulina aqui). Na correria dos dias de hoje temos pouco tempo para fazer as refeições e temos fácil acesso à alimentos doces e ricos em gordura (doces, refrigerantes, fast food, alimentos processados, etc).  Esses fatores somados  são favoráveis ao aumento dos depósitos de gordura abdominal (3).

Agora você já sabe que o estresse pode te ajudar a engordar, especificamente na barriga,  portanto buscar meios para controlar os níveis de estresse é muito importante para sua saúde física e mental também. Portanto…. relaxe

 

Atitude é o que transforma!

Murilo Maciel

2017-06-21T21:17:28+00:00